Publicidade
Acompanhe:
Notícias | Mundo Acidentes aéreos

Duas quedas de avião são registradas em um intervalo de quatro dias

Nesta segunda-feira, um avião que saiu do Chile rumo à Antártida desapareceu com 38 pessoas a bordo; Força Aérea confirmou a queda por meio de nota em uma rede social

Por Jauri Belmonte
Última atualização: 10.12.2019 às 09:39

Base Presidente Eduardo Frei Montalva, na Antártica Foto: Reprodução/ Wikimedia

Na noite da última quinta-feira (5), um avião de pequeno porte caiu sobre uma casa na cidade de San Fernando, na Argentina. A aeronave havia saído de Porto Alegre e um dos motivos da queda, segundo o jornal Clarín, foi a falta de combustível; ocupantes saíram ilesos.

Nesta segunda-feira (9), ou seja quatro dias depois, as chances de outro acidente aéreo ter acontecido são iminentes. Um avião militar, um Hércules C-130, que saiu do sul do Chile rumo à Antártida, desapareceu. Ao todo, 38 pessoas estavam a bordo da aeronave. O avião, que decolou às 16h55 (hora local) e perdeu a comunicação às 18h13, foi declarado como 'danificado'. 

Na manhã desta terça-feira (10), por meio de sua conta no Twitter, a Força Aérea do Chile confirmou a queda da aeronave que estava desaparecida. Também foi confirmado o nome dos 21 passageiros e dos 17 integrantes da tripulação.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.