Publicidade
Cotidiano | Entretenimento Telinha

Dica de filme: Eu Me Importo, na Netflix

Veja produção com atriz que concorre a prêmio

Por Leandro Domingos
Publicado em: 27.02.2021 às 03:00

Eu me Importo Foto: Divulgação
Acontece neste domingo (28) a 78ª edição do Globo de Ouro. Considerada uma prévia do Oscar, a premiação terá entre as favoritas, na categoria melhor atriz, a britânica Rosamund Pike, cujo desempenho pode ser visto em "Eu me Importo", à disposição no catálogo da Netflix.

No filme, ela interpreta uma profissional que trabalha como "guardiã" de dezenas de idosos. Por trás da aparente legalidade do negócio, há um esquema lucrativo. Marla e a amante Fran (Eiza González) internam à força aposentados em lares de repouso, ficando no processo com os bens de cada um deles.

Tudo muda quando ela conhece uma tal Jennifer Peterson (a veterana e premiada Dianne Wiest). Parecendo uma idosa solitária e rica, a vítima revela conexões perigosas com o mafioso russo Roman Lunyov (Peter Dinklage, o eterno Tyrion, da série "Game of Thrones.")

"Eu me Importo" caminha entre o drama, o humor negro e o suspense com habilidade. Além disso, o diretor e roteirista J Blakeson consegue dizer muito sobre a corrupção no sonho americano.

Marla só quer ser rica. Muito rica. E Rosamund Pike arrasa no papel ao passar todo o sentimento de ambição por trás de cada gesto da personagem. Ela esbanja classe e veneno, envolvendo, como uma aranha, cada vítima em um verdadeiro pesadelo kafkiano.
(Leandro Domingos)

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.