Publicidade
Cotidiano | Turismo Prevenção

Nas férias, só não leve a Covid

Fique atento ao selo de boas práticas sanitárias

Publicado em: 12.12.2020 às 03:00 Última atualização: 12.12.2020 às 15:35

Associações, estabelelcimentos e Ministério do Turismo criaram protocolos de segurança Foto: Adobe Stock
Com a chegada do verão e do período de férias, muita gente vai procurar aproveitar o descanso para alguns passeios prolongados e, quem sabe, até viagens, desde que as condições permitam e isso seja autorizado. Para não descuidar da segurança sanitária e ao mesmo tempo ficar tranquilo, vale acompanhar as normativas de segurança que já foram estebelecidas pelas autoridades governamentais e por associações.

O Ministério do Turismo criou o Selo Turismo Responsável, que é descrito como "um programa que estabelece boas práticas de higienização para cada segmento do setor. O selo é um incentivo para que os consumidores se sintam seguros ao viajar e frequentar locais que cumpram protocolos específicos para a prevenção da Covid-19, posicionando o Brasil como um destino protegido e responsável".

O ministério informa que "para ter acesso ao selo, as empresas e guias de turismo precisam estar devidamente inscritos no Cadastur (Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos)", além de cumprir requisitos. Vale conferir as diferentes normativas exigidas no site turismo.gov.br/seloresponsavel.

Além do selo federal, também há iniciativas locais de várias associações, tanto regionais quanto municipais ou mesmo estaduais, que igualmente atribuem certificação de segurança. Algumas vezes são selos que o estabelecimento afixa, outras são certificados de capacitação sanitária que são exibidos na entrada.

De um modo geral, no RS as normas de segurança costumam ser bastante estritas. Os estabelecimentos identificam logo na entrada a exigência de máscara, uso de álcool gel e distanciamento.

 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.