Publicidade
Olimpíadas Esportes

Ítalo Ferreira ganha bateria e avança às oitavas em estreia do surfe na Olimpíada

Ítalo fez 13,67 pontos para avançar direto ao terceiro round em Tóquio

Por Estadão Conteúdo
Publicado em: 24.07.2021 às 20:19 Última atualização: 25.07.2021 às 16:09

A estreia do surfe em Jogos Olímpicos veio com vitória de Ítalo Ferreira em sua bateria. O brasileiro, campeão do circuito mundial, avançou às oitavas de final sem sustos e agora torce para Gabriel Medina vencer sua bateria, ainda neste sábado, o que proporcionaria um encontro entre ambos apenas numa final.

Ítalo Ferreira ganha bateria e avança às oitavas em estreia do surfe na Olimpíada Foto: NIC BOTHMA

Ítalo fez 13,67 pontos para avançar direto ao terceiro round em Tóquio. O japonês Hiroto Ohhara também se classificou na bateria, com 11,40. O italiano Leonardo Fioravanti (9,43) e o argentino Lele Usuna (8,27) foram os outros surfistas na estreia do surfe na Olimpíada. O europeu ainda disputará a repescagem pelo posição alcançada.

O brasileiro e o japonês se destacaram ao arriscarem e mandarem belos aéreos em Tsurigasaki. Com vantagem de Ítalo ao pegar as melhores ondas. Estava atrás de Hirota, mas se destacou em sua segunda nota para confirmar o favoritismo.

"Estou muito feliz, até arrepiado", comemorou o brasileiro assim que deixou o mar em Tsurigasaki. "Estava ansioso para essa estreia, mas depois que caí no mar e peguei a minha onda a coisa fluiu", afirmou, satisfeito. "O mar estava meio difícil, mas treinei bastante e o atleta tem que estar preparado para tudo. A tendência é que o mar melhore um pouco amanhã e eu espero aproveitar da melhor forma."

Ítalo Ferreira ganha bateria e avança às oitavas Foto: NIC BOTHMA

As oitavas de final já acontecem neste domingo à noite (segunda-feira pela manhã no Japão). E Ítalo espera que o mar não esteja tão revolto como na estreia. As águas estavam bastante mexidas por causa de um tufão que passou perto do local da competição e, mesmo assim, ele conseguiu encarar ondas de 7,00 e 5,90 para avançar sem sustos.

A bateria de Medina ocorre às 21h40 e caso o brasileiro também confirme o favoritismo, ficariam em lados opostos e só se enfrentariam numa final, aumentando bastante as chances de medalhas ao Brasil.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.