Publicidade
Esportes | Inter Colorado

Inter dará chance para o Celeiro de Ases no Gauchão

Guris formados nas categorias de base do Inter terão a oportunidade de mostrar suas virtudes na tentativa de recuperar a hegemonia no Gauchão

Por Moacir Fritzen
Publicado em: 27.02.2021 às 08:16

Inter deve iniciar Campeonato Gaúcho dando mais oportunidades para jovens das categorias de base do clube, que são treinados por Fábio Matias Foto: fotos Ricardo Duarte/Inter
Além de título do hino composto pelo carioca Nelson Silva, Celeiro de Ases é o apelido atribuído às categorias de base do Inter. Depois de uma temporada desgastante e atípica, a tendência é que o Colorado recorra aos "pratas da casa" na arrancada do Gauchão. Essa filosofia de aproveitamento da "matéria-prima made in Pampa" foi promessa de campanha do presidente Alessandro Barcellos. "E tem que performar", disse o mandatário colorado, se referindo a ganhar minutagem, não apenas compor o grupo.

Essa deve ser uma chance de ouro para "guris" como o goleiro Daniel, o zagueiro Pedro Henrique, o lateral Leo Borges, o volante Johnny, o meia-atacante João Peglow e outras promessas lapidadas para a equipe principal. Quem mostrar boa qualidade pode ganhar moral com a comissão técnica, a diretoria e a torcida. Os jogos nos gramados do interior gaúcho e da capital podem servir de vitrine para os jovens demonstrarem suas virtudes.

O volante e capitão Rodrigo Dourado, que está no Inter desde os 12 anos de idade, é um exemplo de atleta com o DNA vermelho. Aos 26 anos, o camisa 13 é titular desde 2015 e se tornou um líder. Ele pode repassar a sua vivência no Gauchão aos companheiros.

Já talentos como Bruno Praxedes e Caio Vidal vieram de outros Estados e terminaram suas formações em solo gaúcho. Ambos já figuram com destaque no chamado "time de cima".

Jogadores experientes e que se recuperam de lesões também podem aparecer em campo para ganhar ritmo de jogo, como são os casos do centroavante Paolo Guerrero e do lateral Renzo Saravia, mas isso dependerá das suas condições físicas e clínicas.

Quando a competição avançar, os titulares devem voltar gradativamente do período de descanso.

Seja com a garotada ou com os mais rodados, a missão rubra será quebrar o jejum de títulos no Estadual - o clube foi campeão gaúcho pela última vez em 2016. O Clube do Povo soma 45 conquistas do Gauchão ao longo da história e é o principal vencedor no território pampeano.

 

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.