Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região TRÂNSITO VIOLENTO

RS-239 atinge a marca de 30 mortes por acidentes somente neste ano

Vítima mais recente é uma ciclista de 23 anos que morreu no trecho entre Nova Hartz e Parobé

Publicado em: 23.10.2021 às 19:36 Última atualização: 23.10.2021 às 19:49

A RS-239 soma mais uma marca triste: a rodovia que interliga os vales do Sinos e Paranhana chegou na madrugada deste sábado (23) a 30 óbitos em decorrência de acidentes somente neste ano. O levantamento é do Jornal NH.

A vítima mais recente é uma jovem de 23 anos que se envolveu em uma colisão entre um carro e uma ambulância por volta das 2 horas no trecho entre Nova Hartz e Parobé. A vítima, identificada como Andressa Oswaldt, tentava atravessar a rodovia em uma bicicleta.

RS-239 já contabiliza 30 óbitos em 2021
RS-239 já contabiliza 30 óbitos em 2021 Foto: Inezio Machado/GES
Antes dela, no início deste mês, outro jovem, de apenas 24 anos, perdeu a vida no trecho de Araricá após capotar um Honda Civic na vala central da via. 

A situação da RS-239 vem chamando a atenção das autoridades e especialistas em trânsito. Ainda ontem (22), o presidente da Associação dos Municípios do Vale do Rio do Sinos (Amvars), Luciano Orsi, se reuniu com o presidente da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), Marcelo Gazen, em Porto Alegre, para tratar sobre a rodovia que já é considerada uma das mais violentas do Estado.

Na próxima semana, a EGR dará início a uma campanha de conscientização voltada a motoristas e pedestres. A ação terá peças em veículos de comunicação. Uma novidade, é a inclusão do aplicativo Waze - de trânsito - na campanha.

Segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), responsável pela fiscalização da RS-239, a alta velocidade é apontada como principal causa das mortes. Em um único dia, as autoridades já flagraram mais de mil condutores acima dos limites permitidos na rodovia. Desde o final de setembro, a rodovia vem ganhando nova pintura da pista em alguns trechos para reforçar a sinalização.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.