Publicidade
Botão de Assistente virtual
Notícias | Região SÃO LEOPOLDO

Polícia e Bombeiros voltam a área de mata para refazer buscas à advogada desaparecida

Alessandra Dellatorre, 29 anos, está desaparecida há 20 dias quando saiu para caminhar em São Leopoldo

Por Renata Strapazzon
Publicado em: 05.08.2022 às 14:17 Última atualização: 05.08.2022 às 16:39

As buscas à advogada Alessandra Dellatorre, 29 anos, desaparecida há 20 dias foram retomadas nesta sexta-feira (5). Agentes da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) de São Leopoldo e soldados do Corpo de Bombeiros voltaram hoje à área de matagal na Avenida Theodomiro Porto da Fonseca para refazer a varredura no local. De acordo com o titular da DPHPP, o delegado André Serrão, o trabalho seguirá durante todo o dia.

Buscas foram retomadas na área de mata na manhã desta sexta-feira (5)
Buscas foram retomadas na área de mata na manhã desta sexta-feira (5) Foto: Polícia Civil/Especial
Segundo o delegado, não há novidades na investigação do caso, que segue, mas em sigilo. "Estamos só refazendo as buscas", resume Serrão. 

Alessandra desapareceu em 16 de julho, quando saiu de casa, no bairro Cristo Rei, para caminhar. Segundo testemunhas, a jovem teria sido vista entrando na área de mata, próximo ao Cemitério Ecumênico Cristo Rei. 

Buscas foram feitas por quatro dias, entre o sábado e a terça-feira, no local com o apoio de cães farejadores e de um helicóptero, sem que nada fosse encontrado.


No último sábado, a família, que ainda mantém a esperança de encontrar Alessandra viva, ofereceu uma recompensa de R$ 15 mil a quem entregasse a jovem, mas nenhuma nova pista teria surgido.

"Estamos oferecendo (a recompensa) porque todas as outras vias estão se esgotando e precisamos de toda a ajuda possível", afirma, em vídeo, Eduardo Roni Dellatorre, pai de Alessandra, que aparece ao lado da mãe dela, Ivete Stella Dellatorre. O casal reforça que as autoridades estão fazendo o possível para encontrá-la e pede ajuda da população para que compartilhe qualquer pista sobre a localização da jovem.

Informações sobre o paradeiro da advogada podem ser repassadas à Polícia Civil pelo telefone 0800-642-0121 ou à Brigada Militar pelo 190. A família de Alessandra também possui um contato exclusivo para receber notícias sobre o sumiço dela, por meio do telefone 9 9771-5838.

Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.