Publicidade
Opinião Opinião

Fato novo

Por Marcelo Pelissioli
Publicado em: 02.03.2021 às 03:00 Última atualização: 02.03.2021 às 08:28

A capa do Diário de Canoas de 17/02 trazia como manchete o fim do limite de alunos por turma nas salas de aula, quando da retomada em formato híbrido. Já na capa do ABC de 20/02, vinha o alerta da bandeira preta.

Com apenas 3 dias de diferença, o governo estadual foi do afrouxamento da limitação de alunos por turma para a total suspensão. Isso é uma amostra de que as instâncias de poderes estão, infelizmente, todos trabalhando na base da tentativa e erro frente ao que se sabe e ao que se ignora sobre o vírus. E, como estamos lidando com vidas, não há muita margem para erro. É preciso agir celeremente.

A economia e a saúde estão se canibalizando, precisamos nos aperceber disso. Não se pode diminuir a movimentação de pessoas sob pena de a economia ruir. Ponto para a economia, e prejuízo para a saúde. A saúde pede distanciamento e menos circulação. Ponto para a saúde, e prejuízo para a economia. E esse delicado equilíbrio vem sendo minado de qualquer jeito, com a economia em profunda instabilidade e colapsando nossos atendimentos em hospitais e postos de saúde.

Ou seja: precisamos urgentemente de ações coordenadas que gerem, no mínimo, um fato novo, seja oferta massiva de vacina, possibilidade de compra de imunizantes pelos setores privados, medidas mais severas contra aglomerações e/ou sistematização de protocolos de cuidados familiares.

Não dá para acreditar que o poder público fará mais do que está fazendo. Não dá para acreditar que nós, como sociedade, vamos colaborar. Precisamos de um fato novo, que ressignifique ações positivas e fé. Se continuar assim, 2020 apenas estará, na data de hoje, indo para seu 15o. mês, e sem a menor perspectiva que termine.


O artigo publicado neste espaço é opinião pessoal e de inteira responsabilidade de seu autor. Por razões de clareza ou espaço poderão ser publicados resumidamente. Artigos podem ser enviados para opiniao@gruposinos.com.br
Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.