Publicidade
Opinião Opinião

Maratonando

Por Gabriela Streb
Publicado em: 02.03.2021 às 03:00 Última atualização: 02.03.2021 às 08:30

Já que a orientação é ficar em casa, este fim de semana foi de maratonar filmes preferencialmente antigos.

Olhei os três filmes Matrix e fiquei impressionada. O primeiro foi em 1999 e conta a história de que existe um programa chamado Matrix, ao qual vivemos. Comandados por máquinas que foram cada vez mais ficando apuradas pela AI - artificial intelligence (inteligência artificial) -, até comandarem tudo de forma autônoma.

Ela lhe comanda através de algoritmos que buscam o seu pensamento, o seu desejo. O filme de mais de duas décadas diz que ao ter pensamentos sobre determinados produtos, você vai ser bombardeado de propagandas nesse sentido.

E continua. Se sou militante de alguma causa ambientalista, vai me sugerir textos e matérias conforme meu pensamento e minha localização. Então o que é sugerido ou induzido para mim, não é a mesma coisa que o outro vê. Por isso temos informações diversas e divergimos em muitos momentos, pois tudo isso vem com uma avalanche de notícias falsas.

Uma notícia falsa se propaga seis vezes mais rápido que uma notícia verdadeira. Ainda mais quando a leitura passou a ser obsoleta quando contém mais de 280 caracteres, que é o tamanho máximo do Twitter. Este texto tem, em média, 1.800 caracteres. Deu para comparar?

Sair da Matrix não é nada fácil e exige uma força-tarefa de pessoas que descobriram que não vivem num mundo real, mas sim direcionado por máquinas e querem ser livres em ideias e atitudes.

A pergunta não é quando a máquina vai se apoderar de sua vida. Antes deste questionamento haverá o momento xeque-mate para nos colocar na situação caótica em que a máquina perceberá a vulnerabilidade humana, se apoderando desta fraqueza. Ao que me parece a Matrix já existe em muitos sentidos.

 


O artigo publicado neste espaço é opinião pessoal e de inteira responsabilidade de seu autor. Por razões de clareza ou espaço poderão ser publicados resumidamente. Artigos podem ser enviados para opiniao@gruposinos.com.br
Gostou desta matéria? Compartilhe!
Encontrou erro? Avise a redação.
Publicidade
Matérias relacionadas

Olá leitor, tudo bem?

Use os ícones abaixo para compartilhar o conteúdo.
Todo o nosso material editorial (textos, fotos, vídeos e artes) está protegido pela legislação brasileira sobre direitos autorais. Não é legal reproduzir o conteúdo em qualquer meio de comunicação, impresso ou eletrônico.